segunda-feira, 7 de março de 2016

tristeza não é poesia; é tédio

caiu o mundo lá fora
as pessoas se desenroscam cada vez mais
e eu sinto falta - não sei de que(m)

o sol não deve sair tão cedo
digo em tom de alívio
numa conversinha de elevador

elevar dor

será que alguém sabe o que é ser feliz?
todos acham faltas lindas
uma saudade sem tradução

mas eu queria ser racional
vocês não sabem a falta de poesia dessa tristeza toda

pessoas são um falso enrosco
com seus elogios
o sol nasce cedo demais

falam para usar tristeza e publicar um livro
padrão best-seller
dizem que ainda vou ajudar alguém

eu que preciso de ajuda

já nem sei mais escrever
só sinto fome
e medo
pessoas só pensam em fazer perguntas estúpidas

me alivio embaixo do chuveiro
lâmina